segunda-feira, 27 de junho de 2011

PÃO DE FORMA INTEGRAL

 

Ingredientes

45g de fermento biológico
2 e1/2 xícaras (chá) de água
1/4 xícara (chá) de mel
100g de manteiga (ou margarina) – em temperatura ambiente
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de sal
3 xícaras (chá) de farinha de trigo integral
500 g de farinha de trigo branca
Modo de fazer

Use um recipiente grande, misture o fermento com 1 colher (sopa) do açúcar, mexendo com uma colher de pau até que ele fique líquido e dissolvido.
Então acrescente o mel, a manteiga, e a água, misture bem.
Junte a farinha de trigo integral e o sal, mexa com a colher de pau acrescente também um pouco da farinha de trigo branca.
Com a massa nesse ponto, mole e pegajoso, passe-a para uma bancada e comece a trabalhá-la, fazendo movimentos de “ir e vir” como se estivesse rasgando-a, ou seja, empurre para cima com a palma da mão e puxe-a para baixo com a ponta dos dedos.
Faça isso durante uns 5 ou 10 minutos ou até que a massa mude a coloração ficando mais clara e adquira um aspecto rendado. Se você costuma fazer pães artesanais notará que essa massa é deliciosamente diferente de trabalhar, devido à quantidade de glúten da farinha de trigo integral.
Acrescente então o restante da farinha branca, trabalhando a massa e raspando a bancada com a ajuda de uma espátula. Sove-a bem por cerca de 20 minutos até que fique fantasticamente elástica!
Modele uma bola com a massa e unte-a com óleo, deixe-a crescer até dobrar o volume.
Então “abaixe” a massa, pressionando-a com a palma da mão. Sobre a bancada polvilhada de farinha ou untada de óleo (uso óleo), divida-a em duas partes.
Modele os pães formando um rolinho bem apertado e fechando bem as pontas.
Coloque em fôrmas para pão (30x13 aprox.) untadas e enfarinhadas. Pincele as superfície dos pães com água e salpique farinha integral.
Eu não costumo pincelá-los com ovos mais isso fica a critério de cada um.
Aguarde crescer mais uma vez até a massa dobrar o volume novamente.
Aqueça o forno com uns 10 a 15 minutos de antecedência.
Asse os pães por uns 20 minutos em temperatura alta depois a reduza e deixe até que os pães fiquem dourados (esse pão não doura muito). Teste batendo neles com os dedos, deve produzir um som oco.
Assim que der para manusear retire os pães das fôrmas e deixe-os sobre uma grade para que esfriem.

Rende 2 Modo de fazer

Use um recipiente grande, misture o fermento com 1 colher (sopa) do açúcar, mexendo com uma colher de pau até que ele fique líquido e dissolvido.
Então acrescente o mel, a manteiga, e a água, misture bem.
Junte a farinha de trigo integral e o sal, mexa com a colher de pau acrescente também um pouco da farinha de trigo branca.
Com a massa nesse ponto, mole e pegajoso, passe-a para uma bancada e comece a trabalhá-la, fazendo movimentos de “ir e vir” como se estivesse rasgando-a, ou seja, empurre para cima com a palma da mão e puxe-a para baixo com a ponta dos dedos.
Faça isso durante uns 5 ou 10 minutos ou até que a massa mude a coloração ficando mais clara e adquira um aspecto rendado. Se você costuma fazer pães artesanais notará que essa massa é deliciosamente diferente de trabalhar, devido à quantidade de glúten da farinha de trigo integral.
Acrescente então o restante da farinha branca, trabalhando a massa e raspando a bancada com a ajuda de uma espátula. Sove-a bem por cerca de 20 minutos até que fique fantasticamente elástica!
Modele uma bola com a massa e unte-a com óleo, deixe-a crescer até dobrar o volume.
Então “abaixe” a massa, pressionando-a com a palma da mão. Sobre a bancada polvilhada de farinha ou untada de óleo (uso óleo), divida-a em duas partes.

Modele os pães formando um rolinho bem apertado e fechando bem as pontas.
Coloque em fôrmas para pão (30x13 aprox.) untadas e enfarinhadas. Pincele as superfície dos pães com água e salpique farinha integral.
Eu não costumo pincelá-los com ovos mais isso fica a critério de cada um.
Aguarde crescer mais uma vez até a massa dobrar o volume novamente.
Aqueça o forno com uns 10 a 15 minutos de antecedência.
Asse os pães por uns 20 minutos em temperatura alta depois a reduza e deixe até que os pães fiquem dourados (esse pão não doura muito). Teste batendo neles com os dedos, deve produzir um som oco.
Assim que der para manusear retire os pães das fôrmas e deixe-os sobre uma grade para que esfriem.

Rende 2 unidades grandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arte nada mais é, do que reciclar e soltar a imaginação.

Berço para bonecas

Reciclado de rolo de papel