quinta-feira, 8 de março de 2012

Benefícios A alfarroba

Ovo_pascoa

Chocolate orgânico e embalagem reciclável ajudam a preservar a natureza


     Até mesmo em comemorações como a Páscoa é possível ter hábitos sustentáveis, que valorizam e respeitam o meio-ambiente. Evitar desperdícios é, sem dúvida, um deles.
     Mas, já que a data sugere consumo, principalmente de chocolate, que tal se atentar para os produtos e empresas que estão preocupados com a preservação do meio ambiente?
     A seguir, confira algumas dicas para ter uma Páscoa sustentável. Pratique essa ideia.
     Chocolates orgânicos 
     Os chocolates considerados orgânicos são livres de agrotóxicos, pois os cuidados de produção envolvem um processo integrado que abrange desde a lavoura até o processamento final na fábrica. 
     Chocolate de alfarroba 
     Não estranhe se encontrar por aí um ovo feito à base de alfarroba. Trata-se de uma vagem comestível, semelhante ao feijão, de cor marrom escuro, com sabor adocicado e de elevado valor nutritivo. A polpa só é utilizada depois de torrada e moída. O pó da alfarroba é usado para substituir o cacau e possui expressiva diferença no conteúdo de açúcar e de gordura.
     Enquanto o cacau possui até 23% de gordura e 5% de açúcar, a alfarroba possui 0,7% de gordura e um alto teor de açúcares naturais (sucrose, glucose e frutose), em torno de 38% a 45%. “Mesmo para quem é diabético ou intolerante à lactose dá para optar pelos chocolates de soja ou alfarroba, que são mais saudáveis e possuem um valor calórico inferior ao chocolate tradicional”, sugere Sônia Leal, nutricionista e responsável pela franquia da Via Verde Laranjeiras, no Rio de Janeiro.
     O produto também não contém glúten, nem açúcar. É rico em vitaminas A, B1, B2, E, niacina, cálcio, magnésio, ferro e fibras, possuindo um correto balanceamento de potássio e sódio. Outra vantagem é que o chocolate de alfarroba é adoçado com stevita, único adoçante 100% natural.
     “Estudos recentes mostraram que a alfarroba não contribui com nenhum tipo de glúten na dieta e que possui propriedades antioxidantes, além de reduzir efetivamente a assimilação de colesterol”, explica Sônia. 
     Chocolates de soja 
     Os chocolates de soja possuem o cacau tradicional, a diferença é que em vez de leite usa-se a soja. Essa proteína de alto valor biológico proporciona benefícios à saúde do coração.

     Outras substâncias encontradas na soja são as isoflavonas. Elas são compostos que possuem estrutura muito semelhante ao hormônio feminino estrógeno, e estão relacionadas com atividade que previne o câncer, redução da perda de massa óssea e diminuição do colesterol sanguíneo.
     Ovo amigo do meio ambiente 
     Algumas empresas brasileiras já estão utilizando material reciclado nas embalagens dos ovos de páscoa. Fique atento e desfrute a páscoa sem peso na consciência!

http://www.mundomaisorganico.com.br



Sempre atentos a uma parcela da população que possui algumas restrições alimentícias, os fabricantes de chocolates lançam no mercado produtos novos e que respondem às necessidades dessas pessoas. Os problemas mais comuns são a intolerância à lactose, ao glúten, diabetes e também quem não ingere produtos de origem animal, como os vegens.


A alfarroba, por exemplo, é uma boa opção para quem não pode comer chocolate. A alfarroba possui sabor semelhante ao chocolate tradicional, mas com quantidade inferior de calorias e um teor de gordura bem baixo. Ela é uma espécie de vagem, que quando é triturada, se torna uma farinha, que substitui muito bem o cacau. Por não terem lactose e glúten na sua formula, os doces de alfarroba podem ser consumidos por pessoas com intolerância a essas substâncias. 
Para quem tem alergia à lactose, há opções de ovos sem leite, como o Nestlé Classic Zero e o Sollys, com soja e 0% de colesterol e 0% lactose. O tablete da Cacau Show
também não tem lactose e possui 52% de sólidos de cacau.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arte nada mais é, do que reciclar e soltar a imaginação.

Berço para bonecas

Reciclado de rolo de papel