sábado, 2 de fevereiro de 2013

ERVAS MEDICINAIS : MITOS E VERDADES


A fitoterapia, que é uso das ervas medicinais, é a forma mais antiga de tratar da saúde.

Siga abaixo algumas indicações e as contraindicações elaboradas pelo fitoterapeuta André Resende ,autor do livro “O poder das ervas vida natural “ da Editora Ibrasa .

1-A fitoterapia é o uso das ervas medicinais em fomas de chá ,tinturas ,extratos fluídos ,pomadas ,extrato seco ,cápsulas e xaropes . Foi a primeira medicina surgida na terra ,através dela surgiu a medicinatradicional .

2-O uso das ervas medicinais bem empregado, traz ótimos resultados . Para as pessoas que têm alguma doença crônica ou que queiram fazer uso de ervas medicinais , é recomendado sempre procurar aorientação de um profissional para que possa fazer um tratamento adequado .

3-As ervas medicinais podem ser utilizadas para tratar todas as doenças . A cura geralmente ocorre quando se faz o uso de um tratamento adequado ,da mesma forma como ocorre na medicinaconvencional . Não podemos garantir cura ,para não cairmos no curanderismo , e o papel da fitoterapia não é este . Só posso garantir que o uso das ervas medicinais de forma adequada traz ótimosresultados e é muito eficaz .

4-As ervas medicinais só devem ser usadas em tratamentos que não sejam de emergência ,tais como pneumonia e infecções em geral e usadas como coadjuvante ,já que o efeito das ervas apesar delento, são eficazes e não são para uso emergencial .

5-As ervas como citado anteriormente ,podem tratar todas as doenças . Bem associadas trazem ótimos resultados contra doenças emocionais como depressão , ansiedade ,insônia ,nervosismo ,pânico .

6-Os produtos fitoterapicos e fitocêuticos têm a mesma finalidade , o tratamento através da natureza.

7-O uso das ervas medicinais , estou para dizer que é praticamente infinito ,além das ervas já conhecidas , existem milhares a serem descobertas .

8-Todos devem ter bom senso e nunca abandonar o tratamento médico ao usar as ervas medicinais . Os dois tratamentos podem ser feitos simultaneamente mesmo sabendo que é forma mais antiga detratar da saúde , a medicina tradicional com suas inúmeras pesquisas , vem mostrando sua grande eficácia. Se necessário ,por que não optar pelos dois?

Temos que tratar da nossa saúde com muita responsabilidade . Só não devemos nos auto medicar.

9-Os produtos fitoterapicos não devem ser tomados de forma abusiva ,mesmo sendo produtos naturais .

Em forma de chá ,não se deve ultrapassar 1 litro por dia e , em forma de cápsulas , tinturas ou xarope , deve- se tomar a dosagem indicada por um profissional ou procurar orientação ao farmacêutico.

Até mesmo para os produtos naturais consumidos de forma equivocada , existe contraindicação. Em alguns casos podem ocorrer uma intoxicação ou uma hepatite medicamentosa .

Os profissionais qualificados para uma orientação são o fitoterapeuta , o médico , o nutriconista e o farmacêutico .



AS ERVAS E SUAS INDICAÇÕES:

ABACATEIRO (Persa gratíssima) : Diurética, as folhas são ricas em proteínas e vitaminas, combate o artritismo e a gota, cálculo renais e biliares, ajuda na digestão e nas afecções dos rins e bexiga e nas inflamações da garganta.

ABÚTUA (Chondodendron platyphyllum): Diurética, antiinflamatória. Obtêm-se bons resultados nas irritações das vias urinárias e nas menstruações difíceis e/ou doloridas, inflamações do útero e cólicas renais.

AGONIADA (Plumeria lancifoliata): Antiasmático alivia a respiração, elimina o cansaço e alivia as cólicas menstruais.

ALCACHOFRA (Cynara scolymus): Depurativo, age favoravelmente nos distúrbios hepáticos e digestivos, no combate ao colesterol e ácido úrico.
ARRUDA: muito usada para proteção espiritual e no combate a piolho . O uso oral é indicado para falta de menstruação ,histeria ,dor de cabeça e reumatismo .mas é uma erva que tem muita toxidade e tomada em alta dose ,pode causar intoxicação e até hemorragia .

AVELOZ: muito usado para dores e tratamentos de câncer. Usar diretamente a planta , é muito perigoso por ter um alto índice de toxidade . só deve ser tomado em forma de tintura e homeopatia pois são isoladas as toxinas

ALCAÇUZ (Glycyrrhiza glabra L): Doenças inflamatórias, bronquite, laringite, tosse.

ALECRIM (Rosmarinus officinalis): Cardiotônico. age contra a tosse, asmas e febre. Usa-se também em banhos para aliviar dores reumáticas. Estimulante, circulatório e tônico capilar.

ALFAFA
(Medicago sativa): Excelente reconstituinte físico e mental, rica em sais minerais e vitaminas. Fortalece os músculos, nervos e sangue, combate anemia, raquitismo, osteoporose e é relaxante. Em banhos e fricções estimula nervos cansados e doloridos.

ALFAVACA (Occimum canum): Diurética, elimina areia dos rins, ajuda nos distúrbios estomacais, digestiva, gases e gripes fortes. Usa-se em banhos contra reumatismo e pernas inchadas.

ALFAZEMA (Lavandula officinalis): Calmante, ação analgésica e anti-séptica. Útil nas cefaléias e nas dores de origem reumática e ciáticas, vertigens, asma, rinite.

ALGODOEIRO (Gossypium herbaceum): Diurética, usa-se nas infecções dos rins e hemorragias uterinas, menstruações abundantes.

AMORA folhas(Morus nigra): Reposição hormonal, diabetes, febres, limpa bexiga.

AMOR DO CAMPO (Hedysarum idefonsianum): Diurética e depurativa. Usada nas moléstias da pele. Combate inflamações das vias urinárias.

ANGÉLICA (Angelica archangelica): Age nas enfermidades da garganta, pulmões, bronquites, rins, na falta de apetite e fraqueza dos nervos, cólicas, anemia, cardiotônica.

ANGICO (Piptadenia colubrina): Adstringente e depurativo. Útil nas diarréias, disenterias, tosses e bronquites, gripes, hemorragias uterinas.

ANIS ESTRELADO (Illicium stellatum): Chá muito saboroso e aromático. Estimulante gastro-intestinal, nas azias, cólicas estomacais e catarros crônicos, relaxante, combate insônia e digestivo.

AQUILÉIA (MIL-FOLHAS)(Achillea millefolium L): Analgésica, bactericida, menopausa.

ARNICA (Arnica montana): Antiinflamatória, anti-séptica e analgésica, usada nos casos de traumatismo, dores remáticas, artrite, artrose.

AROEIRA (Schinus aroeira): Adstringente, usada externamente nas lavagens de feridas, úlceras, inflamações em geral, dores reumáticas e ciáticas. Internamente como antiinflamatório nos distúrbios respiratórios, andiarréica, balsâmica, vias urinária.

ARRUDA (Ruta graveolens): Em cataplasma nas dores remáticas e nas nevralgias. Seu cozimento bem forte mata piolhos(uso tópico).

ARTEMÍSIA (Artemisia absinthium): Bom para o sistema nervoso, anemia e fraqueza. Combate à verminose, nevralgia, cólica menstrual. Usar em doses moderadas.

ASSA PEIXE (Boehmeria arborescens): Expectorante e balsâmico. Combate tosses, bronquites crônicas e asmáticas, gripes e resfriados.

AVENCA (Adoiantum capillus): Especial contra catarro pulmonar, gripes, tosses e bronquites, laringite. Nas rinites e afecções respiratórias, acalma as dores reumáticas.

BALSAMO folhas (Toluifera balsamum): Externamente em lavagens, aplica-se nas esfoladuras, feridas, contusões e sarnas.

BARBATIMÃO
(Stryphnodendron barbatimão): Rico em tanino. Usa-se em lavagens íntimas de mulheres para combater corrimentos, catarros vaginais e flores brancas. Externamente em lavagens de feridas como cicatrizante.

BARDANA (Arctium lappa): Sudorífera, depurativa do sangue, rins e fígado. Ótima contra cálculos renais e moléstias da pele, dexintoxicante, elimina o ácido úrico e colesterol.

BATATA DE PURGA (Ipomoea purga (Wender.) Hayne: Prisão de ventre, constipação.


BATATA YACON: uma batata muito usada no controle do diabetes que realmente tem esta finalidade .No entanto ,utilizar esta batata sem mudança de hábito alimentar ,não fará nenhum efeito .

BELA DONA (Atroppa belladona): Uso externo: Seu cozimento serve para lavar feridas e inchaços, dores locais e reumáticas.

BÉTULA folhas (Bétula alba): Propriedades cicatrizantes, depurativa, sudorífera e diurética. Tem ação na desintoxicação, obesidade, gota, reumatismo, rins e bexiga. Uso externo nas feridas, sardas e problemas da pele.

BOLDO DO CHILE (Peamus boldus): Tônico. Hepatoprotetor. Chá consagrado nos casos de afecções e cálculos do fígado, digestão difícil e hiper-acidez. Evita cólicas e previne a icterícia.

BOLSA DE PASTOR (Capsella bursa pastoris): Poderoso adstringente, externamente nos eczemas, coceiras e doenças da pele em geral, nas supurações do ouvido(pingas gotas do chá), valiosa na idade crítica das mulheres e nas mentruações abundantes. Contra indicado nos portadores de pressão alta.

BUGRE (Cordia ecalyculata Vell): Também conhecido como porangaba. Elimina o ácido úrico, dores reumáticas e artríticas, estimula a circulação sanguínea, combate a obesidade e o colesterol. Diurético,combate a obesidade e o colesterol.


COLÁGENO: virou uma mania as pessoas tomarem colágeno . cápsulas,bala ,pó ...

O colágeno usado de forma abusiva .Por ser uma proteína , pode fazer muito mal para os rins . Não se deve ultrapassar 1 colher de sopa por dia.

CHÁ VERDE :quem sofre de insônia ,gastrite ,ansiedade .não pode fazer uso pois piora estas patologias por ter muita cafeina .

CARAMBOLA: uma fruta gostosa rica em vitamina C e minerais . Usado de forma abusiva por quem sofre de doenças renais ,pode comprometer os rins ou até mesmo a perda do órgão.

CANELA :quem sofre de hipertensão deve evitar pois eleva a pressão arterial ,mas é ótimo estimulante e também no combate a gripe ,pressão baixa e colesterol .

CACTUS LENHO (Cereus grandiflorus) : Cardiotônico, contra palpitações, síndrome cardíacas. Melhora o sistema circulatório e moléstias digestivas. Usada nas lavagens sobre tumores, feridas e infecções.


CAMOMILA:o chá de camomila é ótimo como calmante ,para gases estomacais e dores.Entretanto se usado com o acido acetilsalisílico pode causar hemorragia estomacal .

CAFÉ folhas (Coffea arábica): Estimulante, favorece a circulação, digestão, diarréias, cansaço mental, cólicas em geral, estimulante e digestivo. Em banhos ou cataplasmas, aplica-se nas dores reumáticas.

CAJUEIRO casca (Anacardium occidentale): Excelente antidiabético, combate colesterol, triglicéride e inflamações da garganta. Tônico nas fraquezas e convalescenças. Em banhos alivia o cansaço dos pés e pernas.

CALÊNDULA flor(Calendula officinalis): Excitante, expectorante, fortalece o útero. Indicada na gastrite e úlcera duodenal devido à ação cicatrizante. Anti-séptica, anti-inflamatória e antialérgica, usada em lavagens de feridas e tumores.

CAMBUÍ (Eugenia crenata): Ótimo em gargarejos para higiene bucal, combate hemorragias da gengiva, aftas e tártaro dentário.

CAMOMILA flor (Matricaria chamomila): Sedativo suave, usada nas debilidades estomacais e intestinais. Combate vermes, enxaqueca, males do útero, ovário, cólicas, enjoos e indigestões. Possui ação anti-inflamatória. É tônica.

CANA DO BREJO (Costus spicatus): Sudorífera, diurética, anti-inflamatória, depurativa, é usada contra arteriosclerose e beneficamente nos males da bexiga, rinas e uretra.

CANELA casca (Cinnamomum zeylanicum): Condimento, estimulante, eleva a pressão sanguínea. Usada em lavagens no combate a germes que atacam o couro cabeludo. Considerada afrodisíaca.

CAPIM CIDRÃO (Cymbopogom citratus): Sedativo e calmante da tosse. Combate gases intestinais, perturbações urinárias, insônia e cefaléia.

CAPIM ROSÁRIO (Croix lagrima): Diurético e depurativo, atua nas afecções asmáticas, em banhos ou chá para aliviar as dores e sintomas do reumatismo.

CARAMBOLA folhas (Averrhoa carambola): O chá das folhas é indicado contra a diabete, afecções dos rins e bexiga.

CARAPIÁ (Dorstenia arifolia): Tônico e estimulante. Usada nos males gástricos e respiratórios. Combate o reumatismo e dores nos ossos. Afrodisíaco, antifebril e diurético.

CARDO SANTO (Cardus benedictus): Tônico, sudorífico, estimula o apetite. Usado contra os males do fígado, estomacais e asmáticos. Diurético combate o catarro brônquico.

CARQUEJA AMARGA (Baccharis trimera (Less.): Tônica, digestiva, depurativa e emagrecedora. Combate anemia, cálculos biliares, bexiga, rins e fígado. Usado no tratamento do reumatismo, gota einflamações urinárias.

CARQUEJA DOCE (Baccharis articulata (Lam.) Pers: Digestiva, diurética, emagrecedora. Combate anemia, cálculos biliares, bexiga, rins e fígado. Usado no tratamento do reumatismo, gota e inflamações urinárias.

CAROBINHA: Excelente depurativo, combate as amebas intestinais, cárie dos ossos, excelente para doenças da pele e lavar feridas.

CARRAPICHO (Desmodium adscendens): Diurético, usado nos casos de escassez de urina.

CARVALHO casca (Quercus robur): Adstringente, anti-séptico, empregado no tratamento da diabetes, bronquite, diarréia, hemorróidas, fissura anal. Externamente nas ulcerações da pele e inflamações de útero.

CASCA D'ANTA (Drimys winteri): Para combater vermes no sangue, anemia, fraquezas em geral, sinusite e males da respiração.

CÁSCARA SAGRADA (Rhamnus purshiana): Ação laxativa, na correção da prisão de ventre. Emagrecedora, trata bilis e o baço. Desaconselhada para mulheres que estão amamentando. Atua no lactante através do leite.

CASTANHA DA ÍNDIA (Aesculus hippocastanum): Contra males decorrentes da má circulação sanguínea, aumenta a resistência e o tônus das veias. Ótimo para combater varizes e herróidas.

CATINGUEIRA folhas (Caesalpinia paraensis): Contra embriaguez. A administração deste chá ocasiona o enjôo das bebidas alcoólicas.

CATUABA (Erythroxylum catuaba): Estimula o sistema nervoso. Fortalece as pessoas esgotadas física e mentalmente. Empregada na impotência sexual devido à ação tonificante dos nervos. Energético e Afrodisíaco.

CAVALINHA (Equisetum arvense): Excelentes propriedades hemostáticas, digestivas, depurativas e diuréticas. É remineralizante, rica em sílica. Empregada nas cistites, uretrites, inflamações e inchaço e tratamento da próstata. Externamente, ajuda a recuperar a pele de ferimentos.

CELIDÔNIA
(Chelidonium majus): Atua nos tumores, nas crises de asma, câimbra estomacal, depressões orgânicas, artrite e gota. Nas inflamações da vesícula. Externamente nas lavagens de feridas, verrugas e manchas na pele, uso moderado.

CENTELLA ASIÁTICA folhas (Centella asiatica): O uso da centella é uma das formas mais eficazes de se tratar a celulite. Normaliza a produção de colágeno e melhora a circulação sanguínea local, o que favorece a eliminação das células gordurosas.

CHÁ DE JAVA (Orthosiphon stamineus): Emagrecedora, depurativa, colesterol, insuficiência renal, retenção de líquidos e litíase renal.

CHÁ VERDE (Camellis sinensis): Emagrecedor, desintoxicante, anti-inflamatório, protege o sistema cardio vascular, antioxidante, queima gorduras, termogênico (acelera o metabolismo), elimina toxinas, diurético, melhora a pele e é antienvelhecimento.

CHÁ BRANCO (Camellis sinensis): Possui os mesmos princípios ativos do chá verde: Emagrecedor, desintoxicante, anti-inflamatório, protege o sistema cardio vascular, antioxidante, queima gorduras, termogênico (acelera o metabolismo), elimina toxinas, diurético, melhora a pele e é antienvelhecimento. Porém é colhido apenas uma vez no ano e é composto por brotos e flores da planta numa composição de mais nutrientes potencialmente ativos, possui: 40% maior de catequinas e polifenóis. De sabor mais suave, inibe as enzimas responsáveis pela compulsão alimentar.

CHÁ PRETO (Camellis sinensis): Possui os mesmos princípios ativos que os chá verde, branco e vermelho.: Emagrecedor, desintoxicante, antiinflamatório, protege o sistema cardio vascular, antioxidante, queima gorduras, termogênico (acelera o metabolismo), elimina toxinas, diurético, melhora a pele e é antienvelhecimento. Diferenciado devido a sua preparação. A fermentação que as folhas sofrem acaba preservando todas as propriedades da folha e o sabor por mais tempo, por isto ele é mais escuro que os outros e possui mais cafeína.

CHAPÉU DE COURO (Echinodorus macrophyllus): Rico em sais, iodo e tanino. Combate à arteriosclerose, colesterol, diabetes, gota, ácido úrico, impurezas do sangue, do fígado e da pele. Nas vias urinárias, próstata e antiinflamatória.

CIMICIFUGA (Cimicifuga racemosa (L.) Nutt.: Diminui os sintomas da pré-menopausa e menopausa, ondas de calor, ansiedade, depressão e atrofia vaginal.

CINCO FOLHAS (Penax quinquifolium): Poderoso depurativo do sangue. Usado no combate da sífilis, moléstias da pele, cefaléia e dores reumáticas.

CIPÓ AZOUGUE (Aposanthera smilacifolia): Depurativo. Nas doenças da pele como espinhas e eczemas, feridas, furúnculos e herpes. Combate dores nos ossos e reumatismo.

CIPÓ CABELUDO OU SEDA (Mikania hirsutissima): Promove a eliminação do ácido úrico, dores reumáticas e artríticas.

CIPÓ CABOCLO (Davila rugosa): Purgativo usado externamente em banhos contra inchaço dos pés e pernas.

CIPÓ CRUZ OU CRUZEIRO (Chicocca brachiata): Purgativo e diurético. Usam-se no tratamento do reumatismo, bronquite e laringe.

CIPÓ PRATA (Banisteria argyrophylla): Diurético. Elimina o ácido úrico. Atua nas afecções da b exiga e cálculos renais.

CIPÓ SUMA (Anchietea salutaris): Anti-reumático. Um dos melhores depurativos do sangue. Combate às enfermidades da pele, como eczemas, furúnculos, feridas, manchas, herpes, doenças venéreas.

CORDÃO DE FRADE (Leonotis nepetaefolia): Diurético, estimulante, tônico. Nas perturbações intestinais. Atua na tosse, asma e nos males respiratórios. Externamente no tratamento de feridas.

CRATAEGUS (Crataegus oxyalantha): Cardiotônica, melhora a irrigação do sangue, ótimo como preventivo de acidentes vasculares e hipertensão.

CRAVO DA ÍNDIA (Syzygium aromaticum): Digestivo, promovbe e regulariza o fluxo menstrual. Excitante aromático, considerado afrodisíaco.

DAMIANA ( Tumera diffusa): Tônica, em geral indicada nas fraquezas sexuais, males do estômago, respiratórios, urinários e estados depressivos.

DENTE DE LEÃO (Taraxacum officinale): Rico em vitaminas e sais minerais é um excelente depurativo e fortificante do sangue e dos nervos. Também usado nos males do fígado, rins bexiga e males intestinais.

DOURADINHA (Waltheria douradinha): Diurética. Nas afecções pulmonares, bronquites, tosses, indicado nos males da pele como: feridas, coceiras e eczemas.

EQUINÁCEA (Echinacea angustifolia): Anti Térmica, ativa os glóbulos sanguíneos, usadas em várias enfermidades, bom para fazer gargarejos nos abscessos dentários, em lavagens e compressas nas feridas pulmonares, infecções generalizadas.

ERVA BALEEIRA (Cordia verbenacea): Popularmente conhecida como cortisona natural, eficaz no reumatismo, artrose e alívio das dores em geral, anti-inflamatório. Atua nas doenças respiratórias.

ERVA CIDREIRA (Melissa officinalis): Auxilia na digestão e enjôo. Calmante nas crises nervosas, melancolias e depressivas. Acalma palpitações do coração.

ERVA DE BICHO (Polygonum acre): Depurativa e sedativa, atua nas varizes e vias urinárias, combate vermes intestinais. Externamente em banhos como cicatrizante nos casos de feridas e hemorróidas.

ERVA DE SÃO JOÃO/MENTRASTO (Ageratum conyzoides): Anti-reumática, útil nos resfriados, gripes e catarros, antidepressivo.

ERVA DOCE (Pimpinella anisum): Diurética, digestiva e estimulante. Combate cólicas em crianças.

ERVA DE PASSARINHO (Viscum rubrum): Atua na Diabete, Arteriosclerose, nas afecções do pulmão, nas moléstias uterinas, calor da menopausa, histerias, exerce ação tônica sedativa sobre o coração e pressão sanguínea.

ERVA DE SANTA MARIA (Chenopodium ambrosioides): Vermífugo. Combate doenças nervosas, hemoróidas, varizes, indigestão. Útil nos casos de fratura.

ESPINHEIRA SANTA (Maytenus ilicifolia): Ação tonificante, anti-séptica e cicatrizante largamente usada nos casos de úlcera gástrica e duodenal. Combate o vício do álcool.

ESTIGMAS DE MILHO
(Zea mays): Excelente diurético e depurativo. Nas afecções da bexiga, rins e cistite. Na secreção urinária e micção difícil e dolorida.

EUCALIPTO (Eucalyptus globolus): Expectorante e balsâmico. Nas crises de asma, bronquite, rinite e sinusite. Desinfetante e anti-séptico do ar(vapor) e nas lavagens de feridas.

PFÁFIA (Pfaffia paniculata): Energético, revigorante das forças físicas e intelectuais, combate a má digestão, azia e males do fígado, fortalece o sistema imunológico e regenerador das células, não confundir com o Ginseng Koreano.

FEDEGOSO (Cassia ocidentalis): Ação laxativa, hepática e nas afecções urinárias.

FEIJÃO GANDU folhas(Cajanus cajan): Nas enfermidades respiratórias e pulmonares em gargarejos e bochechos para combater dores de dente e gengivas fracas. Em lavagens nas feridas ulcerosas. Costuma-se colocar as folhas sob o travesseiro para um sono tranquilo.

FLOR DE LARANJEIRA (Citrus vulgaris): Calmante, contra insônia, febre, cálculos renais.

FOLHAS DE CAQUI (Diospyros kaki): Rica em vitamina C, combate as toxinas, descalcificação, insônia, doenças respiratórias e febres e gripes.

FOLHAS DE NABO (Brassica napus procumbens): Eficaz na tosse, bronquites, sinusítes e suas complicações, nas afecções dos rins e bexiga, externamente em forma de banho é eficaz no tratamento do corrimento, flores brancas e nos problemas vaginais.

FRÂNGULA (Rhaemnus frangula): Laxativa, excelente no auxílio à digestão difícil. Ideal para quem sofre de prisão de ventre crônica, não irrita os intestinos. Indica-se também em casos de distúrbios hepáticos.

FUMÁRIA (Fumaria officinalis): Contra as erupções da pele e afecções cutâneas. Tem propriedades diuréticas e depurativas. Usa-se com sucesso nos males do fígado, icterícia, bronquite, reumatismo e arteriosclerose.

FUCUS: Rico em iodo é indicado para tratamento de hipotireoidismo, auxiliar nos tratamentos de obesidade.

FUNCHO SEMENTE (Foeniculum vulgare): Nas afecções urinárias, digestivas, contra gases e azia.

GARRA DO DIABO (Harpagophytum procumbens): Nas afecções dos rins e bexiga, poderoso antiinflamatório, eficaz nos problemas de reumatismo, artrite, gota, esporão. Desintoxicante.

GARCÍNIA (Garcinia cambogia): Emagrecedora, elimina o desejo de comer doces.


GUARANÁ EM PÓ: quem sofre de doenças cardíacas,hipertensão,depressão e insônia não deve tomar .

GENCIANA (Gentiana lútea) : Possui ação febrífuga e vermífuga. Estimulante digestivo auxilia as digestões difíceis. Empregada na falta de apetite.

GERVÃO (Verbena bonariensis): Anti-reumática. Atua nas hepatites e cólicas do fígado e estomacais. Nas lavagens de feridas, úlceras e contusões.

GENGIBRE (Zingiber officinalis): Nas afecções da garganta, tosse, bronquite, gripe e catarro crônico, diarréia, colesterol, circulatório. O chá é recomendado para pessoas que falam muito.

GINGKO BILOBA (Ginkgo biloba): Nas labirintites em decorrência da má irrigação cerebral. Forte ação protetora do colágeno, melhora o sistema circulatório em geral, elimina toxinas e ativa a memória.

GINSENG (Panax ginseng): Afrodisíaco e tônico. Erva capaz de curar inúmeras doenças e restabelecer a vitalidade física e mental. Energético, circulatório, cartiotônico.

GIRASSOL semente (Kelianthus annus): Nos resfriados, males do estômago e pulmões. Fortalece os nervos.

GRAVIOLA folhas(Anona muricata): Excelente no tratamento do diabetes, colesterol, pressão alta e obesidade. Auxiliar no tratamento do câncer.

GUAÇATONGA OU GUAÇATINGA (Casearia sylvestris): Gastrite, úlcera, males estomacais em geral, cicatrizante.

GUACO (Mikania guaco): Expectorante e balsâmico. Nas tosses rebeldes, bronquites, rouquidão e inflamação de garganta. Anti-reumática e antiúrico. Externamente no tratamento de eczema, coceira e micose.

GUARANÁ (Paulinia cupana): Cardiotônico. Previne a arteriosclerose, favorece a intelectualidade. Eficaz nos esgotamentos físico e mental, afrodisíaco. Contra indicado nos casos de insônia e hipertensão.

GUINÉ (Petiveria alliacea): Recomendamos seu uso exclusivamente externo, possui ação anti-reumática.

HAMAMELIS (Hamamelis virginiana): Eficaz nas doenças do sistema nervoso, melhora o sistema circulatório, varizes, tromboses, hemorróidas.

HIBISCUS flor(Hibiscus sabdarifa): Extremamente saboroso, levemente laxativo. Possui propriedades anti hipertensivo e calmante. Favorece a digestão lenta e difícil, acalma espasmos e cólicas uterinas e gastro intestinais, antifebril, diurético, emagrecedor.

HIPÉRICO (Hipericum perforatum): Recomenda-se o hipérico no tratamento de diversas afecções, tais como: reumatismo, lumbago, gota, ciática, artrite, vermífugo, diurético, catarro dos brônquios e principalmente em depressões e insônia.

HORTELÃ folhas(Mentha arvensis): Combate vermes intestinais, anti-reumática, estimulante, digestiva, refrescante, espasmos, náuseas, azia, relaxante e dispepsia nervosa.


HIPÉRICO: ótimo para combater a depressão.é um dos melhores antidepressivos naturais. Em forma de homeopatia é também indicado para dores .É um produto contra-indicado para quem toma anti-viral .Ele pode tirar até 60% do efeito do medicamento.Também não pode ficar exposto ao sol ,pois pode causar manchas na pele.

IMBURANA semente(Burseara leptophleds): Ação terapêutica como efecções peitoral e tônica, é útil também nas afecções da bexiga. Costuma-se colocar uma semente ou pó no café para mudar levemente seu aroma.

INSULINA vegetal(Cissus sicyoides L.): Eficaz nos males de diabetes.

IPÊ ROXO (Tabebuia heptaphylla): Depurativo e fortificante do sangue. Poderoso adstringente e cicatrizante. Combate estomatites, nevralgias, sífilis, úlceras, arteriosclerose, pedras vesicais e evita a formação de tumores.

JABORANDI (Pilocarpus jaborandi): Eficaz nas gripes, laringite e edema pulmonar. Contra indicado para cardíacos. Em banhos, melhora o sistema circulatório das pernas e queda de cabelo.

JAMBOLÃO (Syzygium jambolanum): Eficaz no combate a diabetes e suas complicações, tosse, catarro pulmonar e prisão de ventre.

JATOBÁ CASCA Hymenaea courbaril): Excelente fortificante, restabelece as forças orgânicas. Eficaz contra hemorragias, inflamações da próstata e cistites crônicas.

JASMIM - FLOR (Jasminum officinale): Relaxante, digestivo, insônia.

JEQUITIBÁ CASCA (Cariniana brasiliensis): Ótimo como adstringente, em gargarejos, males das amídalas, aftas e em lavagens íntimas. Uso interno e esterno.

JOÃO DA COSTA (Echites peltata): Nas cólicas uterinas, dores reumáticas e das articulações, calores da menopausa, trata o útero e ovários.


JANAGUBA:uma erva do cerrado do nordeste da mesma família do aveloz . Ótima pra auxiliar no combate ao câncer e gastrite e. não é tóxica .

JUÁ CASCA (Zyzyphus joazeiro): Anti-séptico natural, tônico, bronquites crônicas, expectorante. Atua externamente sobre contusões, pancadas e ferimentos. Na lavagem dos cabelos, combate à caspa e a seborréia. Usa-se em bochechos para higienização bucal.

JUREMA (Mimosa verucosa): Externamente usada como adstringente nas afecções da pele.

JURUBEBA (Solanumpaniculatum): Favorece a digestão, combate o catarro da bexiga, males do fígado e baço. Externamente nas lavagens de úlceras e feridas.

KAWA-KAWA ( Piper methysticum): Angústia nervosa, tensão, agitações, ansiedade.

LIMÃO BRAVO ( Siparuna apiosyce): Alivia coceiras da pele, purifica o sangue, é bom nas bronquites, tosses rebeldes e doenças pulmonares.

LINHAÇA (Linum usitatissimum): Planta de grande valor na medicina popular. Usa-se contra diabete, inflamações no estômago, bexiga, colites e intestinos. Externamente em cataplasma nos casos de queimaduras, em gargarejos nos problemas da garganta e em banho de assento nos casos de hemorróidas.

LOBÉLIA (Lobelia inflata): Nos tratamentos da asma, tosses espasmódicas e nervosas, coqueluche e bronquites, expectorante e nas afecções estomacais.

LOSNA (Artemísia absintum): Fortalece o coração, os pulmôes, aquece o estômago, limpa os intestinos, nos problemas de fígado e vesícula, tem ação vermífuga, falta de apetite, diabetes.

LÓTUS RAIZ (Nelumbo nucifera Gaertn.): Emoliente catarral, tosses, rinite, laringite.

LOURO FOLHAS (Laurus nobilis): Condimento, também utilizado nas digestões difíceis, dores musculares, ciáticas e reumáticas e nas cólicas mentruais, amenorréia.

LÚPULO DOURADO (Humulus lupulus): Poderoso antianêmico, anti-séptico, adstringente, bacteriostático, calmante, taquicardia. Estimula a circulação sanguínea. Nas moléstias da pele e afecções linfáticas. Nos casos de insônia, costuma-se colocar flores no meio do travesseiro.

MACA (Lepidium meyenii): Energético físico e mental, revitalizante, queda de libido, reposição hormonal.

MAÇÃ DESIDRATADA (Mallus sylvestris): Rica em vitaminas e minerais, essencial na desintoxicação do organismo, atua no combate do colesterol, arteriosclerose, na circulação do sangue, nos cálculos biliares, nos processos de emagrecimento. O chá de maçã mantém o equilíbrio hídrico do nosso corpo.

MACELA FLOR (Achyrolline satureoides): Nas perturbações gástricas. Diminui a taxa de colesterol. Externamente age como eficaz antiinflamatório e anti-séptico.

MALVA (Malva sylvestris): Desinfetante bucal, emoliente, favorece o rompimento de tumores na gengiva(gargarejo), inflamações da pele. O chá faz emagrecer. No tratamento de problemas respiratórios como: tosse, catarro e bronquite. Sob a forma de banhos e cataplasmas em contusões e hemorróidas.

MAMICA DE CADELA (Zanthoxylon rhoifolium): Tônico poderoso. Restaurador e tonificante orgânico e afecções da pele, dores de dente e ouvido. Uso externo combate o Vitiligo.

MANACÁ (Brunfelsia grandiflora): Anti-sifílica, diurética, levemente laxativa e contra dores reumáticas. Usa-se muito em banhos.

MANJERICÃO (Ocimum basilicum): Excitante. Tônico usado nas fraquezas em geral. Digestivo. Contra males intestinais e estomacais.

MANJERONA (Origanum majorona): Nas fraquezas musculares e dos nervos em geral, nas dores reumáticas e males estomacais, expectorante, analgésica, cólicas.

MARACUJÁ FOLHAS/RAMOS (Passiflora allata): Um dos melhores calmantes naturais. Reduz a pressão sanguínea e a tensão nervosa. Indicado para insônia, stress, ansiedade, esgotamento, dores de cabeça e perturbações da menopausa.

MARAPUAMA (Ptychopetalum olacoides): Afrodisíaca, impotência sexual, esgotamento. Tônico dos nervos e dos músculos. Útil no esgotamento físico e depressão nervosa. Empregada também no reumatismo e nos males estomacais.

MATE (Ilex paraguariensis): Tônico cerebral, estimulante digestivo, diurético.

MELÃO DE SÃO CAETANO (Momordia charantia): Ação nas cólicas intestinais, antifebril, febres intermitentes, combate à diabete, esclerose e vermes.

MELISSA/ERVA CIDREIRA (Melissa officinalis): Auxilia na digestão e enjôo, antiinflamatório. Calmante nas crises nervosas, melancolias e depressivas. Acalma palpitações do coração.

MENTHA FOLHAS (Mentha piperita): Vermífuga, digestiva, nas afecções estomacais e nas contrações musculares(espasmos).

MENTRASTO /ERVA DE SÃO JOÃO (Ageratum conyzoides): Anti-reumática, útil nos resfriados, gripes e catarros. Ação comprovada contra stress e depressão.

MENTRUZ / MASTRUÇO (Chenopodium ambrosidides): Balsâmico e expectorante nas tosses, bronquites e asma, fortalecedor pulmonar, gastrite, cicatrizante. Em lavagem, ativa a cicatrização de feridas.

MIL RAMAS (Achillea millefolium): Nas inflamações gástricas, intestinais e problemas digestivos. Em cataplasma sobre as feridas, úlceras e queimaduras com ótimos resultados.

MIL HOMENS (Aristolochia cymbifera): Nas febres em geral. Anti-reumática, sedativa e depurativa.

MULUNGÚ (Erythrina mulungu): Nas tristezas e angústias por ocasião das regras. Acalma a asma e a tosse. Produz sono calmo e reparador, sedativo, alcoolismo, hepatite.

MUTAMBA (Guazuma ulmifolia Lam.) : Afecções do couro cabeludo, queda de cabelo.

NÓ DE CACHORRO (heteropteris aphodisiaca): No tratamento das debilidades nervosas, largamente usadas como poderoso afrodisíaco, estimulante geral.

NOGUEIRA FOLHAS (Juglans regia) No tratamento de doenças cutâneas como eczemas e psoríase. Limpa e fortalece o sangue, diabetes, colesterol, sífilis. Nas lavagens, age como anti-séptico e antipruriginoso(não faz coçar).

NOZ DE COLA (Cola vera): Estimulante do sistema nervoso central. Eficaz nas fadigas físicas e mentais. Nos estados depressivos e de melancolia.

NOZ MOSCADA (Muristica fragrans): Digestiva e estimulante, cólicas, soluços, hipertensão. Em pó costuma-se adicionar nas sopas, em casos de dores e de gota.

OLIVEIRA FOLHAS(Olea europaea): Faz baixar a pressão. Atua nas insônias e aflições. Ação laxativa e diurética, antioxidante e estimula o metabolismo a eliminar gordura.

ORA-PRO-NÓBIS (Pereskia aculeata): Externamente como emolientes no tratamento de tumores e outros tipos de inflamação cutânea. Possuem propriedades expectorantes e anti´sifílica.

ÓLEO DE COPAÍBA (Copaifera officinalis) : Anti-séptico e antiinflamatório.

PARIETÁRIA (Parietaria officinalis): Por ser rica em salitre possuem propriedades diuréticas e antiinflamatórias, particularmente recomendada no combate a nefrite e cálculos renais.

PARIPAROBA (Piper umbellatum): Digestivo, nas prisões de ventre e males do fígado, vesícula, baço, gastralgia e azia. As aplicações externas dão ótimos resultados como cicatrizante das chagas, feridas e úlceras.

PATA DE VACA (Bauninia forticata): Diurética, depurativa. Nos males dos rins e estomacais. Eficaz no tratamento dos diabetes, colesterol e elefantíase.

PATCHOULI (Pogostemon patchouly Pellet.): Dores de cabeça, tranquilizante, sedativo, hipotensor.

PAU AMARGO (Quassia Amara): Hepatoprotetor, diabetes, inseticida.

PAU FERRO (Caesalpinia ferrea): Age beneficamente nos casos de úlcera, diabetes, afecções pulmonares, tosse, asma e vermes. Eficaz na diminuição de açúcar no sangue. Tônico.

PAU PEREIRA (Geissospermon vellosili): Por conter o princípio ativo pereirina exerce ação benéfica nos distúrbios digestivos em geral. Anorexia, tonturas, dores do estômago, prisão de ventre e febres intermitentes.

PEDRA UME KAA (Myrcia sphaerocarpa): Considerada insulina vegetal, eficaz no tratamento dos diabetes.

PICÃO PRETO (Bidens pilosus): Desobistruente do fígado. Recomendado contra a hepatite, hipertensão, ictericia, asma, diabetes, pedra nos rins e vesícula, amigdalite, angina, artrite, colite, disturbios menstruais. Em banhos nas dores de arigem reumática.

PICÃO BRANCO (Galinsoga parviflora): Cicatrizante, estimulante. Combate: cólicas, erisipela, escorbuto, icterícia, inchaço, males do fígado.

PIXURIM (ARVORE DA NOZ-DO-PARÁ)(Bertholletia excelsa H.B.K.): Usado nas paralisias e derrames.

PITANGA FOLHAS (Eugenia unifloa L.): Febre, ácido úrico, diabetes, colesterol.

POEJO (Mentha pulegium): Expectorante, combate: gripes, resfriados, tosse, asma.

PORANGABA / BUGRE (Cordia Ecalyculata): Elimina o ácido úrico, dores reumáticas e artríticas, estimula a circulação sanguínea, combate a obesidade e o colesterol. Diurético, combate a obesidade e o colesterol.

PSYLIUM (Plantago psylium): Òtimo laxante, combate às inflamações conjuntas do reto e do colon(retocolite).

PULMONÁRIA (Pulmonária officinalis): Nas afecções pulmonares( pneumonia, tuberculose, efisema pulmonar), principalmente para pessoas que trabalham com poeira. O chá com mel torna-se eficiente expectorante. Combate ronqueiras e chiados ao respirar.

QUEBRA PEDRA (Phyllantus niruri): Forte ação diurética. Auxilia no combate ao ácido úrico e de areia nos rins, cálculos do fígado, hepatite do tipo "B", da bexiga e dores da junta e antidiabético.

QUINA QUINA (Coutarea hexandria): Tônico amargo, poderoso reconstituinte nas fraquezas orgânicas e convalescenças em geral, é antiabético.

QUITOSANA : Diminui o colesterol e a absorção de gorduras.

RAIZ DE SAPÉ (Imperata exaltata): Sudorífera e diurética em casos de escassez de urina. Atua nas inflamações urinárias, do fígado, rins, cistite e no combate a ictéricia.

ROMÃ casca(Punica grantum): Poderoso adstringente. Corta as inflamações internas e externas. Combate à solitária e vermes intestinais, eficaz nas inflamações da garganta em forma de gargarejo.

ROSA BRANCA (Rosa canina): Anti diarréica, nos tratamentos dos rins e bexiga, evitando reumatismo, gota e cálculos renais. Uso externo em banhos para combater inflamações e acalmar crianças agitadas.

ROSA RUBRA (Rosa gallica): Contém albumina óxido de ferro, tem propriedades refrescantes, laxativas, digestivas, uso externo nas urticárias, queimaduras e em maceração com vinagre, nas picadas de abelhas.

RUI BARBO (Rheum rhaponticum): Tônico, laxativo. Possui ação antiinflamatória e analgésica. É contra indicado nos casos de hemorróidas e portadores de insuficiência renal.

SABUGUEIRO flor (Sambucus nigra): De alto valor medicinal. Eliminam o ácido úrico, cálculos renais, toxinas. Excelente depurativo. Antidiabético e anti-reumático. Fortemente sudorífero e emoliente, por isso é empregado nas gripes, febres, bronquites, asma e sarampo.

SALSAPARRILHA (Smilax officinalis): Excelente depurativo. Combate sífilis, ácido úrico, artrite, reumatismo, gota, colesterol, doenças da pele, psoríase, cálculos renais, da bexiga e dores nos ossos.

SÁLVIA (Salvia officinalis): Nas gripes, resfriados, tosse asmática e problemas digestivos, dores nos membros e cefaléia. Nos esgotamentos físicos e mentais. Combate a diabete e a fraqueza sexual. Fortalece o útero, regula a pressão arterial. Externamente em lavagens de úlceras e varizes. Um chá de Sálvia tomado antes de deitar vai revigorar todo o organismo.

SEGURELA (Satureja hortensis e Satureja montana): Digestivo, aperiente, picada de insetos e feridas.

SENE folhas (Cassia angustifolia): Propriedades laxativas, febrífugas e depurativas, ajuda a eliminar as manchas da pele. Seu chá forte não é recomendado.

SETE SANGRIAS paulista(Cuphea ingrata): Diurética, depurativa do sangue, rins e intestino, arteriosclerose, psoríase. Eficiente contra o colesterol, reumatismo, obesidade, hipertensão arterial e nas afecções da pele.

SPIRULINA (Spirulina maxima): Fonte de proteínas, fonte de cálcio, emagrecimento.

STEVIA (Stevia rebaudiana): Atua como calmante, tonifica o sistema vascular e a fadiga cerebral. Estimula as funções digestivas, combate às toxinas e o colesterol.Substitui o açúcar, usado no diabetes.

SUCUPIRA semente (Bowdichia major): Considerada excelente depurativo, atua contra diabetes, eczemas, manchas da pele, reumatismo crônico, úlceras, osteoporose e gota e nas fraquezas e dores orgânicas e estomacais.

TAIUYA (Trianosperma ficcifolia): Eficaz depurativo e antiinflamatório, limpa e desintoxica o sangue e o organismo. Empregado com sucesso no tratamento de reumatismo, artritismo e gota, doenças da pele (psoríase, erisipela, acne) e males do fígado.

Contra indicado para mulheres grávidas.

TANCHAGEM (Plantago major): Adstringente. Eficaz nas lavagens de doenças da pele, couro cabeludo e infecções vaginais. O chá combate à tosse, bronquite, asma, catarro e infecções do intestino, rins e bexiga. Inibe o vício do cigarro, em forma de chá e gargarejos, eficaz nas inflamações na garganta.

THUIA (Thuja occidentalis): Conhecida como árvore da vida. Toma-se o chá nos casos de moléstias crônicas e como preventivo de várias doenças.

TÍLIA (Tilia cordata): chá muito saboroso empregado há milhares de anos com sucesso no combate da tensão nervosa, insônia e distúrbios emocionais, depressão, hiosteria, dores gástricas.

TOMILHO (Thymus vulgaris): Anti-séptico, antiespasmódico, vermífugo.

UNHA DE GATO (Urcaria tumentosa): Atua nos processos inflamatórios, artrite, reumatismo, sinusite, próstata, aumenta a circulação e o sistema imunológico e reduz a pressão arterial.

URTIGA (Urtiga dioica): Age como depurativo, usado nos reumatismos, tosses, mucosidades do peito, anemia, diabetes e colesterol. Ativa a circulação, antihemorrágico. Em lavagens nas doenças da pele e do couro cabeludo.

URUCUM folhas (Bixia orellana): O chá das folhas combate obesidade.

URUCUM sementes(Bixia orellana): O chá das sementes tem efeitos nos males estomacais, males do peito e como expectorante.

UVA DO MATO (Coccoloba uvifera): Atua como depurativo e diúretico. Empregada para eliminar o ácido úrico e dissolver cálculos e areia dos rins e fígado. Alivia males intestinais.

UVA URSI (Arctostaphylos uva-ursi): Eficaz nas inflamações em geral, próstata, retenção urinária.

VALERIANA (Valeriana officinales): Sedativo e relaxante. Empregada nos casos de stress, ansiedade, esgotamento nervoso, insônia e males intestinais. Externamente contribui para a cicatrização de feridas(lavagens).

VASSOURINHA
(Bacharis dracunculifolia): Anti-reumática. Combate hemoróidas e afecções gástricas.

VELAME DO CAMPO (Croton campestris): Um dos melhores depurativos. Combate moléstias cutâneas, tumores, cárie dos ossos e reumatismo. É desobstriente do fígado.

VERBASCO (Pterocaulom ianatum): Usado como sedativo nas hemoróidas, males do intestino, estômago, fígado, excelente expectorante, contra a tosse, bronquite, asma e respiração difícil e em forma de banho contra reumatismo.

VERBENA (Verbena officinalis): Empregada para combater os males do fígado, afecções estomacais, enxaqueca. Digestiva e relaxante.

ZEDOÁRIA (Curcuma zedoária): Indicada para males do aparelho digestivo, mau hálito, gases, estimulante de funções hepáticas, secreção biliar, renal e problemas pulmonares.

ZIMBRO
(Juniperus communis): Anti-séptica, tônica, digestiva diurética. Contra cálculos renais, bronquite e reumatismo. Externamente em pomadas para doenças crônicas da pele. 


http://www.andreresende.com.br

Berço para bonecas

Reciclado de rolo de papel